domingo, 26 de maio de 2013

21/52 - Via Láctea de Neon / Neon Milky Way


Text in English below...

Parece que cada vez que eu meto na cabeça fazer uma foto destas, TUDO parece colocar-nos à prova! Pois bem, aconteceu novamente... Eu demorei cerca de 3 horas, para produzir cerca de 40 fotos. Deixem-me tentar explicar todos os passos para a criação desta fotografia.

O primeiro passo é encontrar uma superficie lisa e ligeiramente refletiva, bom, isso foi fácil utilizei a mesa da cozinha. Depois tive de criar uma estrutura a partir da qual se realizaria o gotejamento. Essa já não foi tão facil. Onde, é que às 23h eu ia arranjar uma estrutura que me facilitasse a vida? tentei várias coisas, desde cabos de vassouras com fita cola, a candeiros de péalto, até que lembrei de utilizar um tripé para suporte de flash e uma sombrinha (só para ter uma barra horizontal sobre a mesa).

Depois tratou-se de encontrar uma forma de criar as gotas, mas que eu conseguisse controlar. Tentei um saco furado, mas isso não me dava um local de queda consistente cada vez que eu mexia no saco ou este mudava de forma à medida que se esvaziava. A solução que eu encontrei foi usar um tubo (com garrafa) de soro hospitalar para administração endovenosa .

Com menos esse pormenor para tratar virei-me para a forma de disparo. Sabia que o que me ia congelar a ação seria a luz dos flashes e não o obturador, por isso sabia que ia usar um dispositivo de disparo que tivesse um sensor laser, assim, quando a gota o cruzasse, o dispositivo iria disparar o flash. Usei o Smatrig 2.1 (http://www.doc-diy.net/photo/smatrig21/). Mas para isso é preciso alinhar um laser e o recetor do smatrig. Ai começaram os problemas. É necessário:

- Alinhar o laser e o recetor em altura e a uma altura que o ponto do laser não apareça na foto;
- Alinhar o laser e o recetor em profundidade e garantir que o laser passe pela gota e "toque" no recetor;
- Ligar o Smatrig ao flash por intermédio de um cabo, e esperar que tudo funcione e não tenha de ser mexido.

Para alinhar em altura fui buscar peças de "Lego" da minha filha para que ambos os elementos ficassem a uma altura idêntica, depois coloquei as gotas a correr e, "a olho", alinhei o laser com a gota e o recetor (demorou imenso tempo). Depois liguei o flash e testei tudo. FUNCIONOU!!!! Experimentei outra vez, com um leve atraso no disparo e deixou de funcionar... Estive imenso tempo a tentar perceber o que se tinha passado para finalmente descobrir que o cabo que eu estava a usar (novo) tinha um mau contacto algures pelo meio. Troquei de cabo e FUNCIONOU... Com tantas mexidas, tive de voltar a alinhar o conjunto todo.

Depois o Laser deixou de funcionar... Pura e simplesmente deixou de funcionar. Pensei que fossem as pilhas fracas, que ele tivesse um período a partir do qual ele se desligava para poupar a bateria, até que percebi que a fita cola com que eu estava a obrigar o botão de On a estar para baixo tinha alguma elasticidade e o botão rapidamente ficava em Off... Tive de mudar de fita-cola... Escusado será dizer que com tanta mexidela tive de alinhar o conjunto todo NOVAMENTE.

Finalmente tentei alguns testes com as gotas a cair para ver qual seria o atraso (delay) necessário para o Smatrig disparar na altura certa.

Devo recordar que a esta altura ainda não tinha tirado uma única fotografia, a não ser de teste...

Depois foram os flashes... Primeiro só usei um e não gostei do resultado. Coloquei outro flash na equação e coloquei-o em Slave. Funcionou tudo muito bem... Experimentei e disparavam os dois, acertei as potências e um deles deixou de disparar... Conclusão, não tinha tempo suficiente, entre a queda de uma gota e outra para reciclar. Enfurecido não fui trocar de pilhas e resignei-me ao destino de que uma em cada duas exposições iria ficar mal iluminada... Ainda estou para perceber porque é que além deste problema, de vez em quando os flashes tiveram algum delay a sincronizar entre eles criando "sombras" estranhas...

Depois foi pré-focar, colocar a câmara em Bulb, desligar as luzes da cozinha, ligar o disparador remoto na câmara e encontrar o ritmo certo entre as gotas a cair, os flashes a disparar e a câmara a registar.

3 horas depois tinha 40 fotos, das quais fiquei orgulhoso de 3... ;) Sem esforço não há glória...


Strobist: YN460-II a 1/2 da potência disparado por um sensor laser (smatrig 2.1) a iluminar as gotas de leite à esquerda da câmara e muito perto da ação e YN467 a 1/2 da potência em slave com grelha a iluminar o fundo.


Material utilizado: Canon 500D; Canon EF-S 55-250mm; Ponteiro Laser; Smatrig 2.1; Cartolina Branca; Leite; Sistema de Injeção de Soro Hospitalar; 2 x Suporte de Flash; Sombrinha; n x Peças de Lego; Pano para  limpar a sujeira; Flash YN460-II; Flash YN467; Grelha para flash; Disparador Remoto; Tripé; Cabo PC para o Flash; Fita cola (muita); Paciência (ainda mais)...


-#-

It seems that every time I think about doing a High Speed Shot like this EVERYTHING tries to put me to the test! Well, it happened again... I took about 3 hours to produce approximately 40 photos. Let me try to explain all of the steps taken.

First I needed to find a smooth reflective surface. That was easy, I used the kitchen table. I then had to create a structure from where the drops fell. That wasn't so easy. Where was I going to find, at 11pm a structure that could make my life easy? I tried several things, from brooms to lamps, until I tried a light stand and an umbrella (just to have an horizontal bar over the table).

Then I had to find a way to produce the drops, but in a way I could control flow. I tried a plastic bag with a hole, but that didn't give me a consistent place where the drops would fall. every time I touched the bag or it changed shape by emptying itself the drops shifted place. The solution was to use an IV fluid bottle and pipe.

With that detail out of my mind I turned to the triggering device. I knew that I was going to freeze the action through a flash firing and not the shutter speed, so I was going to use a triggering device that had a laser switch, so when the drop crossed the laser beam it would actuate the flash. I used Smatrig v.2.1 (http://www.doc-diy.net/photo/smatrig21/). But for that you need to align the laser and the receiver. That's when real problems started to emerge. You need to:

- Align the laser and the receiver in height at a distance big enough that would prevent the laser dot from appearing;
- Align the laser and the receiver in depth (in relation to the camera) to ensure that the laser goes through the path of the drops and touches the receiver;
- Connect the Smatrig to the flash by menas of a PC cable and wait for everything to work and doesn't need to be moved around.

Aligning it height wise was easy since I used some "Lego's" from my daughter in order for both elements to be at the same height, then I started the drips and "by eye", aligned the laser with the drops and the receiver (it took a while). Connected the flash, tested and it WORKED!!! Tried it again, with a small triggering delay and it stopped working... It took a long time to figure it out until I discovered that the cable I was using (a new one) had a bad contact. Switched cables and WORKED again... With so much jolting around, I had to realign the whole set.

Then the laser stopped working... It simply stopped working. I thought it might be dead batteries, auto power saving shutdown, until I realized that the duct tape I was using to press the On button slowly lost it's shape and the button was quickly in an Off position... Had to switch duct tape... Needless to say that I had to realign the whole set AGAIN...

Finally I tried to run some tests with the drops falling to set the delay for the Smatrig to fire at the right time.

I must stress that by this time I hadn't take any picture besides test shots...

Then came the flashes... I was using only one but I didn't like the outcome. So slapped another flash onto the equation and put it on slave. To my surprise it worked really well... Tried it and fine tuned the power of each and one of them stopped working intermittently... It didn't have enough time to recycle between two drops. Enraged has I was I didn't took the time to change batteries, instead resigned with the fact that every two exposures one would be badly lit... Oh, I'm still trying to understand why, every now and then, both flashes struggled to sync with one another and created these weird "shadows"...

I the pre-focused, put the camera on Bulb, shut down the kitchen lights, connect the remote trigger and find the right rhythm between drops falling, flashes firing and camera rolling.

3 hours later I had 40 photos in the bag from wich I was proud of about 3... ;) No pain no gain...


Strobist: YN460-II @ 1/2 power shot with a laser trigger (smatrig 2.1) illuminating the drops of water at camera left and really close to the action and a YN467 @ 1/2 power in slave mode with a grid aimed at the background.

Material used: Canon 500D; Canon EF-S 55-250mm; Laser Pointer; Smatrig 2.1; White piece of card; Milk; IV fluid injection system; 2 x lightstand; umbrella; Lego's; Piece cloth to clean the mess up; YN460-II Flash; YN467 Flash; Honycomb grid; Remote trigger; Tripod; PC cable; Duct Tape (a lot of it); Patience (even more)...

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Muito obrigado Helena. O seu blogue tem fotografias e questões muito interessantes. Cumprimentos...

      Eliminar
  2. Depois de ler tudo atentamente, felcito-o pela imaginação e paciência (Já a paciência é coisa que já não tenho...).
    Do material descrito utilizado, achei um piadão não se ter esquecido de referir o para limpar toda a sujeirada !

    Um abraço e os naturais parabéns.

    ResponderEliminar